Caminhos do coração
Há muito tempo que sair de casa
Há muito tempo que caí na estrada
Há muito tempo que eu estou na vida
Foi assim que eu quis
E assim eu sou feliz
Principalmente por poder voltar
E todos os lugares onde já cheguei
Pois lá deixei um prato de comida
Um abraço amigo
E um canto dormir e sonhar

E aprendi que se depende sempre
De tanta muita diferente gente
Toda pessoa sempre é as marcas
Das lições diárias de outras tantas pessoas

E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente
Onde quer que a gente vá
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho
Por mais que a gente pense está

E tão bonito quando a gente pisa firme
Nessas linhas que estão
Nas palmas de nossas mãos

E tão bonito quando a gente vai à vida
Nos caminhos onde bate
Bem mais forte o coração
O coração
Ah! O coração
 

Login do Usuário

Usuários Online

Nós temos 28 visitantes online

Estatística

Visualizações de Conteúdo : 113129